NOTÍCIAS



Geral

Epagri/Ciram segue indicando condição de estiagem em Concórdia


Relatório mostra que falta de chuva gera preocupação na região.

Por Luan de Bortoli
04/08/2022 às 06h16 | Atualizada em 04/08/2022 - 08h06
Compartilhar


A condição de estiagem continua assolando a bacia do Rio Jacutinga, que corresponde à região de Concórdia. É isso que apontam os dados divulgados pela Epagri/Ciram, órgão estadual que faz acompanhamento meteorológico, que mostram que nesta semana, o município tem, pelo menos, quatro pontos dos rios em situação anormal, o que gera certa preocupação.

O relatório aponta que, pelo menos, um ponto do município, dos seis que são monitorados pelo órgão estadual, estava em situação de Emergência para estiagem, ou seja, com nível bem abaixo do esperado. Este local era a Foz do Rio Claudino, na Rua Osvaldo Zandavalli. Emergência é a pior classificação no ranking divulgado pela Epagri/Ciram.

Além disso, o relatório indicava que outros três pontos de Concórdia estavam em classificação de alerta para estiagem – Montante da Barragem, Ponte da Rua João Suzin Marini e Rua Vitório Celant. Alerta é a segunda pior classificação do ranking. Apenas dois pontos dos rios monitorados pelo órgão estadual estavam em situação normal.

Isso ocorre porque desde o fim de junho, a quantidade de chuva vem reduzindo drasticamente. Foram menos de 60 milímetros de precipitação ao longo de julho, conforme dados da Embrapa Suínos e Aves. Concórdia viveu uma das piores estiagem entre o fim do ano passado e início deste, quando o volume de chuva começou a melhorar e amenizou a situação grave. Agora a situação pode voltar já que a previsão é de pouca chuva.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM